Regras em clima de Copa para o seu veiculo

bandeira-da-capa-do-motor-do-carro-bandeira

 

Como estamos em clima de Copa do Mundo, muitos torcedores estão usando os seus veículos para mostrar a paixão pela nossa seleção, mas isso requer alguns cuidados que a KYB do Brasil  vai apresentar nesse texto.

O uso desses acessórios como capas e bandeiras podem prejudicar os motoristas pela falta de visibilidade em seu automóvel.
Colocar capas nos retrovisores não são proibidas, mas elas não podem cobrir os espelhos retrovisores. Se isso acontecer, os enfeites no espelho retrovisor podme colocar, sim, em risco a sua segurança e dos demais cidadãos no trânsito.
Muitos especialistas afirmam que é bom tirar as decorações e usar somente quando o carro estiver estacionado.

Segundo o Denatran, o veículo pode ser adesivado ou ter a sua superfície pintada em até 50%, de acordo com o artigo 14 da e Resolução 292/08.

Importante lembrar, que em relação aos objetos que podem sair com mais facilidade, como bandeirinhas, se deve tomar o cuidado para ser bem fixado no veículo.

O Diretor de Educação para o Trânsito e Fiscalização do Detran-SP, Maurício Koshiyama, recomenda cuidados e ainda fala que não existe regulamentação específica para o uso de acessórios em comemoração à Copa no veículo, mas é importante o condutor respeitar essas regras que estão no Código de Trânsito Brasileiro.

A penalidade para quem não seguir o código será uma multa no valor de R$ 127,69 e cinco pontos na habilitação, que é considerada uma infração grave, afirma o diretor do Detran-SP.

É preciso tomar cuidado, também, com o uso da bandeira no vidro traseiro, que poderá gerar multa por enquadramento no inciso XVI do mesmo artigo 230 do CTB: conduzir o veículo com vidros total ou parcialmente cobertos por películas refletivas ou não, painéis decorativos ou pinturas.
Se a bandeira for colocada mais para baixo e cobrir sem querer a placa do veículo, também será uma infração de trânsito grave, que terá o recolhimento do documento e do carro, mesmo o condutor tirando a bandeira.

Conclusão

Resumindo, o condutor não deve se arriscar por causa do futebol, a paixão pelo jogo deve continuar mas não vale o risco, por isso vista o verde e o amarelo, mas não o seu veículo e se caso desejar, siga as regras e não vacile.
Respeite as leis do trânsito e vai Brasil!

#Precisãopravocê

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*